SerradoCipo.com.br

Nos propomos a ser um espaço aberto para todos aqueles que amam a Serra do Cipó.  Fique à vontade, participe, sugira.

 

Assine nossa newsletter

Parque Nacional Da Serra do Cipo

Descoberta na época dos bandeirantes, a Serra do Cipó, que já foi conhecida como Serra da Lapa e Serra da Vacaria, foi um dos itinerários utilizados por estes desbravadores em busca de riquezas minerais. Sua beleza natural exuberante, divisor de águas das bacias hidrográficas dos rios São Francisco e Doce, sempre despertou interesse e fascinação de quem passa pela região.

 

Para resguardar essa diversidade natural da Serra, foi criado em 1984 o Parque Nacional da Serra do Cipó. Atualmente administrado pelo IBAMA - Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, o parque ocupa uma área de aproximadamente 330 quilômetros quadrados. Seu objetivo é a proteção da fauna e da flora da Serra do Cipó, das bacias de captação do rio Cipó, afluente do rio das Velhas, e a preservação das belezas cênicas da região. Como complemento para a proteção do seu ecossistema, o Governo Federal delimitou uma área de proteção ambiental - APA Morro da Pedreira, constituída por um cinturão verde de 600 quilômetros quadrados que circunda o Parque Nacional.

 

A região do Parque Nacional da Serra do Cipó é formada por vários rios, cachoeiras e campos, de relevo acidentado e altitudes que variam entre 650 e 1.800 metros, além de um clima tropical, com quatro a cinco meses secos por ano. Sua vegetação rica em biodiversidade apresenta-se em cinco tipos: campos rupestres, campos de altitude, cerrados, vegetação de baixadas úmidas (lagoas e matas de galeria) e mata atlântica.

A multiplicidade de espécies vegetais é tão grande que a região encontra-se permanentemente florida durante todas as estações do ano. Segundo os botânicos, as 1.600 espécies já catalogadas não devem representar nem a metade do que deve existir no local. Com a criação do Parque, uma das várias espécies endêmicas foi protegida, a canela-de-ema (Vellozia piresiana), sobre a qual cresce um raro e exótico tipo de orquídea, a Constantia cipoensis. Tanta variedade e harmonia entre pedras, plantas e flores rendeu ao Cipó o título de “Jardim do Brasil”, dado pelo renomado paisagista Burle Marx na década de 50.

O Parque Nacional Serra do Cipó reconhecido pelas suas inúmeras cachoeiras, entre elas a da Farofa, com mais de 70 metros de queda livre; canyons, como o das Bandeirinhas, além de paredões para a prática de alpinismo, sem falar nas cavernas e trilhas próprias para os amantes de "mountain bike" e caminhada. No que diz respeito a fauna da região, o território do Parque conta com dezenas espécies de mamíferos, anfíbios e aves. Vale ressaltar o beija-flor-de-gravata-verde (Augastes scutatus) e o pássaro Cipó canasteros, ambos animais próprios da região.

O Parque Nacional Serra do Cipó foi e é o principal motivador da criação do Circuito Turístico homônimo, pois sempre personificou o elo integrador entre os municípios da região.

 

Quem desejar conhecer o Parque, o mesmo está aberto a visitação pública todos os dias das 8:00 às 17:00 hs. 

 

Para mais informações, contato pelo telefone: (31) 3718-7151.